quarta-feira, 21 de julho de 2010

Como explicar?

É intenso
e alcançável.
    É fulminante
e consertador.
    É pequeno
e longo.
    É mortal
e eterno.
    É assutador
e doceo.
    É momentâneo
e continuo.
    É simples, de tão simples
é complicado.
    É real que é quase um
sonho.
    É perto na distância
e distante quando pouco perto.
    E tudo isso é você
             MEU "ParadoX.",
MEU amor,
                                     que eu nunca
                                               (nunca mesmo)
                    saberei explicar.

Autora: Joice Almeida

2 comentários:

  1. Para quem sabe o significado que tem esse "ParadoX", faz muito sentido!

    ResponderExcluir